Frete grátis para pedidos de no mínimo

5 Dicas para uma cozinha amiga do ambiente

 

A preocupação com o ambiente é incontornável. De medidas políticas, a iniciativas de grandes empresas, à vida em sociedade e nas nossas casas: todos temos um papel decisivo para aquela que é uma das principais adversidades da nossa geração. Para o bem comum. Para o planeta em que queremos viver — e que queremos deixar aos nossos.

E os paradigmas têm evoluído nesta área.

Se há uns anos a palavra de ordem era reciclar agora não há qualquer dúvida de que é no reduzir que se encontra o foco. É a produção e o consumo que têm de abrandar — o que se atinge reduzindo as aquisições ao necessário, a utilização ao indispensável e os resíduos ao inevitável. E é por esta sequência de ideias que nos aventuramos hoje.

Partilhamos orientações acessíveis para todos os que fazem a maioria das refeições em casa — o que, por si só, é uma escolha mais amiga do ambiente do que o recurso a restaurantes; e uma opção mais saudável. Em casa cozinha apenas o necessário, pode conservar sobras e saberá exatamente o que está a consumir.

Conheça, então, 5 dicas para uma cozinha eco-friendly:

1. Planeie as suas refeições

Bloco de notas em branco para anotação de lista de compras [fotografia de Karolina Grabowska, descarregada do Pexels]

Planear as refeições ajuda a assegurar que compra justamente o que precisa e nada mais — combatendo assim o desperdício alimentar. Se souber o que vai cozinhar nos próximos dias e fizer a lista de compras com isso em mente, a sua ida ao supermercado será muito mais eficiente. E nem precisará de definir em que dia fará o quê, basta ter várias ideias de refeições para a semana seguinte para garantir que tem os ingredientes necessários em casa — e depois vai confecionando conforme a vontade.

2. Compre produtos locais e sazonais

Comprar frutas, vegetais ou cereais a produtores locais é garante de vários «selos» aos quais é dada cada vez maior relevância: qualidade, sazonalidade e sustentabilidade.

A produção local está frequentemente associada a menor uso de produtos nocivos, ou mesmo a exploração biológica; respeita as épocas de cultivo e colheita; e as distâncias de transporte derivadas encurtam-se — com menor consumo de combustíveis e menor emissão de gases com efeito de estufa.

Na impossibilidade de produzirmos tudo o que consumimos, esta é a forma mais responsável de adquirirmos o que precisamos. E pode fazê-lo diretamente em pequenos mercados ou subscrevendo cabazes regulares, uma opção cada vez mais comum por todo o país.

3. Elimine os artigos de utilização única

Três sacos de pano de diferentes dimensões para compras a granel [fotografia descarregada do Pexels]

Dos sacos de plástico para embalamento disto e daquilo, à película aderente ou ao papel de alumínio para todas-as-funções, aos sacos de congelação… Vivemos rodeados de descartáveis que cumprem a sua função por algumas horas ou dias e são, precisamente, descartados. Temos várias soluções aqui:

  • Se ainda tem em casa algum destes artigos, ou se estiver a fazer uma transição gradual para opções mais verdes, procure reutilizar o máximo de vezes possível estas opções. Não deite logo fora os sacos de plástico com que pesou a fruta, ou o papel de alumínio que usou para evitar que o bolo queimasse. Guarde e use novamente. E novamente. Até não dar mais.
  • Se já não tiver estas opções em casa: não compre mais! Invista em soluções resistentes e duradouras. Das capas de silicone que esticam para se adaptar a alimentos ou a taças e travessas — aos sacos de pano para as compras a granel ou aos filtros para água canalizada (acabando com o consumo de água engarrafada)… São várias as soluções ao seu dispor.

4. Cozinhe porções maiores…

Ao planear as refeições semanais pode optar por aumentar um pouco as doses previstas para cozinhar maiores porções de cada prato. As respetivas sobras poderão servir de refeição no dia seguinte — por exemplo ao almoço, e com criatividade até poderá alterá-las ligeiramente — ou poderão ser congeladas para aqueles dias em que não há tempo ou vontade para cozinhar. 

O re-aquecimento de uma refeição exige menor uso de energia do que a preparação de um prato de raiz. Além disso, ganha mais tempo para outras coisas.

… E asse várias coisas ao mesmo tempo!

Tire todo o proveito de ter o forno ligado. Vai assar uns cubos de abóbora, de batata-doce? Porque não colocar em simultâneo uma travessa de granola e os queques de banana para os miúdos? É para isso que servem os vários níveis de «prateleiras» da maioria dos fornos. Já pensou na quantidade de energia poupada com esta ideia?

5. Deixe o pré-aquecimento para os pratos delicados

Travessa de granola saída do forno [fotografia de Polina Tankilevitch, descarregada do Pexels]

Quantas vezes não nos deparamos com a instrução «pré-aqueça o forno nos 180 ºC» em receitas de assados? Fornos modernos atingem a temperatura desejada cada vez mais depressa, mas a maioria dos fornos domésticos ainda exige 5-10 minutos para alcançar a temperatura final. Assim, se o «prato» em questão não for delicado (como um soufflé) coloque-o logo no forno.

Mais: experimente desligá-lo 5-10 minutos antes do previsto, deixando que o prato termine de assar no calor residual — uma dica extensível à maioria dos pratos de fogão também. Faz milagres com massa e arroz, para um resultado al dente.

E não se esqueça de tapar quase totalmente as panelas quando cozinha ao fogão. Se cobrir, digamos, 90% do tacho enquanto cozinha acelerará a confeção do prato — poupando energia (e tempo!). Ao longo do processo vá levantando a tampa ligeiramente, para mexer ou provar, e volte a colocar. Vai notar a diferença.

E é tudo por hoje! Inspirado para estas pequenas mudanças de rotina? Notou que as escolhas certas para o planeta são também as mais apropriadas para a sua saúde e carteira?

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

0 comentários


Produtos relacionados

Cortador de alho
Cortador de alho
Preço normal R$35.75 R$27.50
Utensílio de debulhar milho
Utensílio de debulhar milho
Preço normal R$25.00 R$19.50